Autor faudesigner

Como tornar seu site acessível aos mecanismos de busca

Tornar o conteúdo de seu site acessível para os mecanismos de busca é o primeiro passo no sentido de criar visibilidade nos resultados de busca.

Para desenvolver uma arquitetura de site voltada para SEO, é necessária uma quantidade significativa de raciocínio, planejamento e comunicação devido ao grande número de fatores que influenciam a forma em que o mecanismo de busca vê seu site, e ao grande número de maneiras em que um site pode ser montado.

O primeiro passo no processo do projeto de SEO é ter certeza de que seu site possa ser encontrado e rastreado pelos mecanismos de busca. Para ter uma boa classificação nos mecanismos de busca, o conteúdo do seu site deve estar na forma de texto HTML e com uma estrutura de design responsivo (compatível aos dispositivos móveis). Segundo o IBGE, Celular é principal meio de acesso à internet no Brasil.

Investir em  estruturas de links que possibilitam rastreamento é fundamental. Os mecanismos de busca utilizam links em páginas da Web para ajudá-los a descobrir outras páginas da Web e outros sites. Por esse motivo, recomendamos enfaticamente que você invista tempo em construir uma estrutura de links internos que os spiders possam rastrear com facilidade. Muitos sites cometem um erro crítico de ocultar ou dificultar a visão de sua navegação de forma a limitar a acessibilidade dos spiders, afetando, assim, a capacidade de listar as páginas nos índices dos mecanismos de busca.

Na figura acima, o spider do buscador chegou à página A e viu links com as páginas Be E. No entanto, embora as páginas C e D sejam importantes no site, o spider não tem como chegar até elas (nem mesmo saber que elas existem) porque não há nenhum link direto, e que possa ser rastreado, que aponte para essas páginas.

No caso acima, a única chance do spider chegar a página C seria a sua adição no sitemap do seu site.

A adição de uma URL a um arquivo Sitemap (arquivo em XML) não garante que ela será rastreada ou indexada. No entanto, pode gerar páginas que, do contrário, não seriam descobertas nem indexadas pelos mecanismos de busca que estão sendo rastreados e indexados.

O XML Sitemap é uma ferramenta útil e, em alguns casos, essencial para o seu site. De modo particular, se você tiver razão para acreditar que o site não está totalmente indexado, um XML Sitemap pode ajudá-lo a aumentar o número de páginas indexadas.

Veja 12 dicas para ajudá-lo a escolher um ótimo nome de domínio

Duas das partes mais básicas de qualquer site são o nome do domínio e as URLs das páginas do site. Esta seção explorará diretrizes para otimizar esses importantes elementos.

Quando um novo site esta sendo concebido ou projetado, um dos principais itens a ser considerado é o nome que será dado ao domínio, seja ele para um novo blog, ou o lançamento de uma empresa.

Veja doze dicas indispensáveis para ajudá-lo a escolher um ótimo nome de domínio:

  1. Recolha ideias para cinco palavras-chave principais.
  2. Crie um domínio exclusivo
  3. Só escolha domínios disponíveis do tipo .com.br
  4. Crie um domínio fácil de digitar
  5. Crie um domínio fácil de lembrar
  6. Use um nome o mais curto possível
  7. Crie e satisfaça as expectativas
  8. Evite violações de marcas comerciais
  9. Destaque-se dos outros com uma marca
  10. Rejeite hífens e números
  11. Não siga as últimas tendências
  12. Use uma ferramenta de seleção de domínios do registro.br

Site Responsivo ou App Mobile? Qual a diferença?

Para atender a um público detentor de smartphones, que tem ficado cada vez maior, as empresas têm apostado cada vez mais em duas opções de comunicação virtual mobile: sites responsivo ou aplicativo.

Já citamos anteriormente que 56% dos usuários acessam a internet usando um dispositivo móvel, e que 61% se preocupa em ter uma experiência satisfatória.

Logo, se a sua empresa não conta com um site responsivo ou aplicativo, é bem provável que o acesso do seu público virtual fique bastante comprometido, com baixa performance e consequentemente, insatisfação por parte do mesmo. E nós sabemos o quanto isso pode ser negativo para o seu negócio.

Mas, como definir qual a melhor opção? Qual a diferença entre um site responsivo ou app mobile?

Vamos te explicar!

O site responsivo pode ser acessado através de navegador do seu dispositivo móvel; a distribuição das informações e os componentes do site se adapta ao tamanho da tela. A navegação fica mais fácil nesse modelo de site, afinal, o usuário não precisará arrastar a tela ou ampliá-la, para localizar alguns botões.

Contudo, todas as páginas serão carregadas através do navegador, e como a quantidade de elementos é muito grande, o acesso pode ficar mais lento.

Muitos empresários se confundem ao achar que o fato de seus sites rodarem em celulares, os torna responsivo. A verdade é que todo site é capaz de funcionar em um smartphone, porque se trata de um browser igual ao do computador comum, no entanto, uma vez que este site não é responsivo, o visitante tem dificuldades de navegar e visualizar as informações com qualidade.

Existem duas formas de identificar se um site é responsivo ou não: abra o site em um smartphone ou reduzir o seu navegador na horizontal. O site será responsivo se o seu layout se adaptar automaticamente ao novo formato, sem precisar de intervenções manuais para visualizar todas as informações.

Já no app mobile, o software é instalado no seu smartphone ou tablet e somente os dados serão trafegados, o que representa um acesso mais rápido e dinâmico. Dessa forma, você pode oferecer um conteúdo ainda mais completo, visto que o app mobile tem uma performance mais rápida e pode carregá-lo mais rapidamente, sem comprometer a qualidade da experiência do usuário.

Por se tratar de um software, um app mobile precisa se adaptar as diferenças entre sistemas operacionais (Android, iOS, Windows Phone, etc). É uma tecnologia bastante recente e por isso, atualmente tem menos mão de obra disponível. Esses fatores agregam valor ao projeto do aplicativo web.

Tanto o site responsivo quanto o app mobile são opções adequadas e cada uma delas pode atender uma necessidade diferente.

O fato é que se tratando de um negócio com volume de informações muito alto, atuando em um grande mercado, dificilmente será possível fugir do app mobile. Até porque a taxa de conversão (vendas) é maior, devido à usabilidade e performances melhor desempenhadas.

Portanto, estude seu negócio, qual das opções se aplicaria melhor a ele e inclua-os na realidade da sua empresa.

Por Israel Melicio

Fonte: ecommercebrasil.com.br

Obs.: É importante considerar o site responsivo, mesmo que queira um App Nativo. Sites responsivos facilitam muito a sua vida na hora de criar um App nativo. Um, definitivamente, não exclui o outro e o ideal é que estejam alinhados para que os objetivos do seu negócio sejam alcançados com sucesso.